ÚLTIMO SEGUNDO VALE QUARTOS – VITÓRIA POR 5-4 EM SAINT OMER

Ritmo alto desde os instantes iniciais com o Saint Omer a procurar ataques rápidos e a desenhar velozes saídas para o ataque. Numa pista pequena, com pavilhão cheio e muito participativo já se sabia que o jogo ia ser exigente para a Oliveirense. A União tinha critério nos ataques e não entrava  em euforia, conseguindo assim controlar o ímpeto dos franceses.

Marc Torra podia ter inaugurado o marcador antes dos 8 minutos., mas, falhou a grande penalidade e a recarga. Entre os dez e os 15 minutos da primeira parte a equipa da casa fez dois golos e tornou o jogo ainda mais complicado para a Oliveirense. A União respondeu com um golo de Jordi Bargalló, mas, não conseguiu melhor do que isso na primeira parte. Aliás o resultado avolumou-se a favor da equipa da casa que fez mais dois golos para o resultado de 4-1.

A abrir a segunda parte, Marc Torra e Vítor Hugo colocaram a Oliveirense a apenas um golo do empate a quatro golos. A reacção foi muito boa, mas, depois a equipa gaulesa fechou-se e a tarefa oliveirense estava complicada. Xavier Barroso finalizou uma boa jogada de contra-ataque e empatou o jogo 4-4 a 6 minutos do final.

A 4 minutos do apito final, Marc Torra falhou o livre directo que puniu a 10° falta do Saint Omer e que podia ter dado a vitória à Oliveirense. Mas, o melhor estava reservado para o último segundo. Xavier Barroso disparou uma bomba e Marc Torra desviou a bola para fazer o golo do triunfo por 4-5 que apura a Oliveirense para os quartos de final.

O primeiro lugar do grupo vai ser decidido no jogo em nossa casa contra o Liceo da Corunha.

Leave a Reply