DERROTA COM O MAFRA – 1-3 NO NOSSO ESTÁDIO

O jogo no Carlos Osório teve momentos chave que definiram o rumo do desafio. Júlio Coelho defendeu uma grande penalidade nos minutos iniciais, mas, o Mafra marcou a fechar a primeira parte e a abrir a segunda. A Oliveirense ainda reduziu para 1-2 e estava na luta pelo resultado quando Alemão foi expulso. A equipa visitante acabou por fazer o 3-1 e assim a Oliveirense somou a segunda derrota consecutiva.
Com cerca de 1000 adeptos nas bancadas, a tarde de sol mostrou Coelho a adivinhar o local para onde Diogo Medeiros bateu a grande penalidade. A Oliveirense viria a ter três jogadas onde podia ter inaugurado o marcador, com dois remates de Bouldini e um de Malele. O jogo estava equilibrado e o Mafra era uma equipa perigosa quando conseguia passar o meio campo da Oliveirense. Foi assim que numa jogada de contra-ataque fez o 0-1 quando Diogo Medeiros cruzou do lado esquerdo para a cabeçada de Nuno Rodrigues aos 44 minutos.


Na segunda parte, Sérgio Ribeiro teve o empate na cara do golo, mas, permitiu a defesa do guarda-redes adversário. Já o Mafra foi mais eficaz e aos 53 minutos ampliou para 0-2 através de Rúben Freitas.
Com o apoio do público, a União levantou a cabeça, lutou e procurou o desejado golo. Oliveira, isolado, rematou cruzado e Godinho fez a defesa da tarde. Pouco depois, Leando Silva também esteve perto de marcar. Já com Paraíba em campo, Fabinho serviu o remate do médio brasileiro aos 73 minutos que, com o pé esquerdo, disparou um tiro indefensável.


A Oliveirense acreditava e arriscava tudo por outro resultado. Foi nesse momento que a equipa sofreu um duro golpe. Alemão viu o cartão amarelo por duas vezes em dois minutos. Primeiro por uma falta e depois porque o árbitro entendeu que Alemão fez simulação.
Diogo Clemente entrou para equilibrar a equipa, a União ainda teve duas oportunidades, mas voltou a não ser eficaz. Já o Mafra soube segurar o resultado e até fez o 1-3 aos 87 minutos por Flávio Silva.


É a primeira derrota da Oliveirense no renovado Estádio Carlos Osório, depois de ter somado duas vitórias contra o Penafiel e o Académico de Viseu. O próximo desafio é na Madeira frente ao Nacional e no fim de semana seguinte a equipa fecha a primeira volta em casa contra o Feirense.

Leave a Reply