DE BICICLETA PARA O CARLOS OSÓRIO

VITÓRIA EM CHAVES POR 0-2

Uma grande primeira parte da Oliveirense em Chaves foi decisiva para o triunfo da equipa antes do desejado regresso ao Estádio Carlos Osório no próximo dia 15 de dezembro. Agdon abriu o marcador com um bom golo e Bouldini fez o 0-2 com um pontapé de bicicleta.

A União apresentou-se sólida desde os instantes iniciais, com um meio campo activo, uma defesa segura e a revelar eficácia no ataque.

No primeiro lance de real perigo, Oliveira fez uma enorme assistência para Agdon e o brasileiro teve a arte de bater o defesa, fintar o guarda-redes e fazer o 0-1. Foi o quarto golo do avançado no campeonato.

O Chaves incomodou-se com o resultado, aproximou-se mais da baliza da Oliveirense, mas, Júlio Coelho foi determinante em dois lances, num deles, perto do intervalo esticou-se todo para evitar o empate.

A fechar o primeiro tempo houve um momento mágico para o marroquino Mohamed Bouldini. O avançado executou um pontapé de bicicleta fulminante depois de uma insistência a um livre. Um momento que mereceu aplausos até dos adversários. Este golo deu ainda mais ânimo à equipa e solidez nos processos.

Na segunda parte, Oliveira teve um momento genial e após uma boa transição ofensiva, o esquerdino rematou cruzado à entrada da área. Seria um golo de bandeira não fosse a enorme defesa de Igor.

Como era de esperar, o Chaves andou mais próximo da baliza da União, mas, a solidez é o que melhor define a exibição da equipa da Oliveirense e nos escassos lances de verdadeiro golo, a defesa foi melhor do que o ataque. Aos 70 minutos substituição com Miguel Silva a render Sérgio Ribeiro. Logo depois, Diogo Clemente entrou para o lugar de Oliveira.

Aos 75 minutos, Michael Douglas salvou o que seria o golo do Chaves. Esteve muito bem o central. Logo depois, Coelho fez duas defesas e manteve a baliza em branco. O jogo ainda teve mais uma substituição com a entrada de Malele para o lugar de Bouldini. Ainda a terminar o encontro Coelho volta a ser enorme em mais duas grandes defesas.

Grande vitória da Oliveirense num desafio que antecede o regresso da equipa a Estádio Carlos Osório, dois anos e meio depois do último desafio. Serão dois jogos consecutivos em casa, na inauguração dia 15 de dezembro contra o Penafiel e, uma semana depois, contra o Académico de Viseu.

Leave a Reply