MUITA UNIÃO VALE TRIUNFO – OLIVEIRENSE GANHOU AO BARCELOS POR 7-3

Jogo com várias alternâncias no marcador, intenso e com qualidade por parte das duas equipas. O Óquei de Barcelos veio a Oliveira de Azeméis para surpreender a equipa de Renato Garrido e Edo Bosch e, na realidade, os minhotos mostraram um bom hóquei e estiveram por  duas vezes na liderança do marcador.
Já depois de Marc Torra ter falhado uma grande penalidade, José Pedro Pereira marcou o 1-0 para o Óquei. Remate de longe que surpreendeu Xavier Puigbi. O empate da União surgiu ainda antes do intervalo na sequência de um livre directo que puniu uma falta e o consequente cartão azul a Franco Ferrucio. Marc Torra fez o golo a 3 minutos do descanso.


A segunda parte foi dura e era precisa muita atitude competitiva da União. Na sequência de um cartão azul a Jordi Bargalló, Puigbi defendeu o livre directo, mas, logo depois, Luís Querido colocou a equipa visitante em vantagem por 2-1.
O jogo estava duro, com várias picardias e Henrique Magalhães e Franco Ferrucio viram cartão azul. Foi num momento de maior calor que a Oliveirense teve frieza para empatar por Jorge Silva. Pouco depois, mais dois azuis, para Tomás Mena e Ricardo Silva – tudo isto em apenas 3 minutos da segunda parte.
Em destaque viria a estar Xavier Puigbi que defendeu 4 bolas paradas em 3 minutos. Foi decisivo o guarda-redes da União que manteve a equipa empatada a dois golos. A primeira vez que a Oliveirense saltou para a liderança foi a 19 minutos do fim quando Ricardo Barreiros disparou uma bomba e fez o 3-2. A vantagem durou pouco porque Gonçalo Pereira empatou novamente este duelo e fez o 3-3.


A partir daqui só houve golos para a União. Depois de Ferrucio ter sido expulso, Marc Torra bateu o livre directo e fez o 4-3. O mesmo Torra, viria a fazer o 5-3 e o 6-3 de livre directo. Impressionate a forma como a União fechou o desafio, com Jorge Silva a ter ainda tempo de fazer o 7-3 com que terminou o jogo no Pavilhão Dr Salvador Machado.

Leave a Reply