VITÓRIA CONTRA O CASA PIA

TRÊS PÉNALTIS, QUATRO GOLOS E TRÊS PONTOS

Foi o primeiro triunfo da Oliveirense na Liga Pro. Três pontos preciosos e difíceis de conquistar num desafio onde a equipa foi eficaz perante um adversário aguerrido.

Mais Oliveirense em Mafra frente ao Casa Pia desde que Manuel Mota apitou para o arranque  do desafio entre os dois últimos classificados da Liga Pro. A melhor ocasião surgiu perto dos 15 minutos quando Fabinho rematou cruzado com o pé esquerdo.

Havia mais intenção atacante da Oliveirense e a equipa da casa recorria à falta para travar as saídas da União para o ataque. Perto dos 30 minutos, lançamento longo de Alemão com Agdon a ganhar em velocidade e a assistir Bouldini mas, o marroquino não conseguiu finalizar. Pouco depois numa jogada de insistência, Diogo Clemente rematou ao lado.

Aos 32 minutos, a União não conseguiu aliviar bem a bola e foi Bruno Vale a esticar-se todo para defender um remate rasteiro. Nesta fase do jogo a Oliveirense estava menos b3m mas a verdade é que Fabinho cruzou para a área e Agdon foi derrubado em falta. Fabinho assumiu a responsabilidade e fez o 1-0 aos 37 minutos com um remate cruzado e rasteiro que entrou junto ao poste.

Na segunda parte, a barra substituiu Bruno Vale e o forte remate não deu empate por muito pouco. Foi um aviso que colocou a Oliveirense em sentido. O jogo estava duro e perigoso porque o Casa Pia aumentou a pressão sobre o adversário mas a União estava sólida a defender.

Aos 60 minutos, o meio campo foi refrescado com a entrada de Oliveira para o lugar de Fabinho. Apenas dois minutos depois, o médio Oliveira iniciou a jogada de contra ataque, Miguel Silva libertou a corrida de Mohamed Bouldini e o marroquino dançou na frente do defesa até ser derrubado em falta. Grande penalidade que Oliveira bateu de forma exemplar para o 2-0.

Aos 70 minutos a Oliveirense foi lenta a aliviar o perigo e Diogo Clemente foi ao solo fazer grande penalidade. Bruno Vale não tinha hipótese de defender o remate mas o poste vestiu as cores da União e a baliza manteve-se a zero.

Passados apenas dois minutos, Clemente combinou com Paraíba e o brasileiro assistiu o avançado Agdon que bateu o adversário no duelo direto e finalizou com o pé esquerdo para o 3-0.
Aos 82 minutos, Michael Douglas saiu devido a lesão e entrou Sérgio Silva para o lugar do central brasileiro. Logo a seguir houve estreia de Neto Costa quando o avançado rendeu o esgotado Miguel Silva.

Aos 87 minutos livre e golo para o Casa Pia porque Ousmanr Sountoura saltou mais do que toda a linha Oliveirense e cabeceou para reduzir a desvantagem para 1-3.

A equipa de Oliveira de Azeméis lutou e segurou a vantagem até ao final do desafio apesar da forte pressão do Casa Pia. Na próxima jornada a Oliveirense recebe o Porto B. O jogo realiza-se no sábado às 11 horas no Estádio Municipal de Aveiro.