DERROTA COM O FARENSE

UM LIVRE FEZ O 0-1 EM AVEIRO

Primeira parte com muito mais Farense do que Oliveirense no jogo realizado no Estádio Municipal de Aveiro. A equipa algarvia realizou mais ataques, foi sempre mais incisiva e dominou as operações a meio campo, dificultando muito a tarefa da Oliveirense.

A equipa de Oliveira de Azeméis só chegou à baliza adversária aos 15 minutos, após livre de Fabinho. No minuto seguinte, a equipa de Sérgio Vieira esteve perto do 1-0 com um remate ao poste.

Até ao final da primeira parte destaque para Serginho que, após uma recuperação de bola de Paraíba, atirou à baliza mas Hugo Marques evitou o golo. Fabinho, na insistência cabeceou ao lado. A defesa da Oliveirense com Wellington e Michael Douglas no eixo central teve sempre muito trabalho ao longo dos primeiros 45 minutos.

Na segunda parte, erro na construção de jogo a dar ao Farense a possibilidade de atacar rapidamente à baliza. O poste viria a ser amigo da Oliveirense e substituiu o desamparado Bruno Vale.

A resposta da Oliveirense foi forte. Paraíba rematou com intenção após bom trabalho colectivo da equipa. O mesmo jogador combinou com Fabinho ao 49 minutos e o golo passou um pouco ao lado da baliza.

Aos 62 minutos novo calafrio para a União quando Ryan Gauld atirou à malha lateral após um contra-ataque rápido. Aos 64 e 65 minutos duas alterações: Agdon entrou para o lugar se Serginho e Diogo Clemente rendeu Elízio.

Aos 67 minutos a maior perdida do jogo. Recuperação de Clemente com saída rápida para o ataque e cruzamento perfeito para Agdon. O avançado perdeu tempo de remate permitiu a defesa do guarda-redes e Miguel Silva também foi lento a decidir e não conseguiu rematar para o fundo das redes. Aos 72 minutos, lance incrível com o guarda-redes do Farense Hugo Marques a ser traído pelo passe de Miguel Bandarra mas o poste evitou o auto-golo.

Aos 82 minutos livre e golo para o Farense. Miguel Bandarra rematou com o pé direito e fez a bola sobrevoar a barreira e bater Bruno Vale. Foi um lance que deixou a equipa desesperada. Na tentativa de chegar ao empate a Oliveirense acabou o desafio com três avançados porque Cláudio Silva entrou para o lugar de Fabinho a 5 minutos do final.

A equipa lutou, o Farense defendeu e segurou a vitória. A Oliveirense soma um ponto em quatro jogos e ainda não venceu na Liga Pro.

Leave a Reply