OLIVEIRENSE NA FINAL

VITÓRIA POR 4-2 CONTRA O RIBA D’AVE

Foi um jogo intenso com duas equipas a lutarem arduamente pela presença na final da Taça de Portugal. O Riba d’Ave muito apoiado pelos adeptos que se deslocaram a Oliveira de Azeméis, adiantou-se no marcador numa jogada de contra-ataque em que estava em superioridade numérica porque Jordi Bargalló tinha partido o stick. A equipa finalizou para o 1-0 com um remate colocado de Hugo Azevedo.
A equipa surpresa da Taça estava emplogada e o golo rondava a baliza de Xavier Puigbi, mas, o espanhol foi seguro em 3 defesas e manteve a Oliveirense a um golo de distância. A União viria a ter um lance crucial para empate, mas Jordi Bargalló falhou a grande penalidade.
Marc Torra, que começou o jogo no banco, só entrou aos 9 minutos. Foi o regresso do catalão após falhar 3 jogos devido a um problema cardíaco.
A equipa de Renato Garrido e Edo Bosch multiplicava-se no ataque à baliza mas sem sucesso. Pedro Moreira, Bargalló e Torra estiveram perto do empate. A 1 minuto e 15 segundos do intervalo, cartão azul a Pedro Moreira a valer livre directo que Xavier Puigbi defendeu. Estava bem o guarda-redes da Oliveirense.


A 2° parte abriu com um massacre de remates à baliza do Riba d’Ave. Pedro Freitas era um homem intransponível e adiava o golo da Oliveirense. Até que o internacional português Jorge Silva foi letal e finalizou para o empate com uma finta e um remate colocado após passe de Xavier Barroso.
Mas, o Riba d’Ave chegaria novamente à vantagem com um livre directo de Miccoli. Mas, a a resposta da União foi a ideal com Marc Torra a cobrar o livre directo, proveniente da 10° falta, para o empate 2-2. O jogo estava vivo e a Charanga da União e o público presente cresciam em aplusos com a a exibição da Oliveirense.
A 5 minjtos do fim, Matc Torra viria a fazer o 3-2 após uma jogada de insistência. Grande finalização do catalão a dar a primeira vantagem no jogo à equipa. O ponto final na questão do vencedor foi colocado pelo lutador Jordi Bargalló que finalizou com classe.
A Oliveirense está na final da Taça de Portugal e lutou muito para o conseguir. A equipa vice campeã nacional merecia ter recebido o apoio de mais adeptos no Pavilhão Dr Salvador Machado. Ainda assim, merecem um obrigado todos aqueles que vibraram e gritaram pela União.
Esta domingo às 19 horas a Oliveirense joga com o vencedor do jogo entre o SL Benfica e o SC Portugal. Precisamos do apoio de todos.