PREOCUPADOS E VIGILANTES. QUE FUTURO PARA A SEGUNDA LIGA ?

COMUNICADO

A União Desportiva Oliveirense está empenhada em honrar o futebol que pratica e em dar brilho à Ledman Liga Pro. O campeonato onde legitimamente lutamos pelos nossos objectivos. O nosso investimento económico e desportivo é avultado, bem como dos outros clubes.

Não podemos ignorar todos os acontecimentos que marcaram a 13° jornada. A arbitragem saltou para as manchetes pelas piores razões e está a sobrepor-se em mediatismo aos grandes protagonistas da modalidade: os jogadores. Sentimo-nos prejudicados no jogo que perdemos por 0-1 com o Estoril devido a uma simulação de Kléber que enganou a equipa de arbitragem de João Pinho. Os jogadores e treinadores estão revoltados e os adeptos incrédulos. Não podemos conter a nossa apreensão. Não nos empurrem!

 

Só nos batemos pela verdade desportiva e pela luta por pontos em igualdade de circunstâncias. São vários os exemplos que podemos enumerar desde o arranque da temporada. Critérios na exibição de cartões amarelos, nos lances de eventual fora de jogo, dualidade de análise ao longo de todo o jogo e até golos limpos que nos foram invalidados, uma classificação séria e sem interferências de arbitragem a UDO teria hoje 21 pontos.

Curiosamente, as nomeações de árbitros para os nossos jogos, tem sido marcada pela opção de juizes recém promovidos às ligas profissionais, os denominados estagiários que decidem jogos de profissionais, sim profissionais! Temos obrigações contratuais muito elevadas nesta liga, a nível salarial, contribuições para o estado e multas que esses senhores estagiários nos aplicam sem dó nem piedade.

Queremos as melhores condições para os árbitros e também queremos o melhor de cada um deles. Nós desejamos a dedicação de todos, a aplicação de cada um nas suas tarefas e a consciência de que damos o máximo. Estamos expectantes sobre o futuro. Estamos preocupados e não podemos ser condicionados pelos caprichos de quem decide. Seremos zelosos da modalidade e vigilantes jornada após jornada.
Reiteramos a nossa meta: estamos neste campeonato para vencer jogo após jogo.