DERROTA NO SEIXAL

BENFICA VENCEU OLIVEIRENSE POR 3-0

No jogo 200 do guarda-redes Júlio Coelho na II Liga, Alemão e Oliveira regressaram ao onze inicial por troca com Diogo Sousa e Boukassi. Mais bola no meio campo e mais profundidade na ala direita era o que desejava a equipa com a entrada destes jogadores. O jogo no Seixal foi repartido desde os instantes iniciais, mas a Oliveirense começou a assumir o controlo da posse de bola a partir dos 10 minutos. Ao quarto de hora, Paraíba desmarcou Alemão, o cruzamento saíu para o coração da área mas Fati falhou o remate. Aos 21 minutos, Mathaus foi pronto socorro e enviou para canto um cruzamento de Zé Gomes na primeira oportunidade de ataque do Benfica B.

Aos 27 minutos, golo do Benfica. Marcou Willock, na sequência de uma má saída de bola para o ataque. O jogador surgiu nas costas dos centrais e bateu o desprotegido Coelho. A equipa B dos encarnados assumia o 1-0 e a Oliveirense sabia que a velocidade da equipa da casa ía ser explorada em contra-ataque. A iniciativa de jogo era da União, mas o perigo estava a ser criado pelo Benfica com recuperacões de bola e saídas rápidas para o ataque. Aos 41 minutos livre de Jota a passar ligeiramente por cima da barra. A resposta saíu do remate forte de Agdon que foi à figura do guarda-redes. O intervalo chegou com 1-0 no marcador.

Na segunda parte e perante a superioridade do Benfica a Oliveirense mexeu na equipa. Aos 52 minutos entrou Boukassi Mehdi para o lugar de Oliveira. Estava confortável a equipa do Benfica B e empenhada a União na tentativa de empatar. Aos 57 minutos Agdon não teve arte para fintar o defesa e fazer o golo e, na resposta, Coelho adiou o 2-0. No minuto seguinte Diogo Valente deu lugar a Sérgio Ribeiro na ala direita.

Nada mudou na União e o Benfica B ampliou a vantagem com uma bola cruzada por Willock para as costas da defesa onde estava Jota que finalizou com qualidade.

A última substituição passou pela saída de Filipe Gonçalves e a entrada de Érick Moreno para o ataque quando faltavam 15 minutos para jogar. Agdon, ainda teve boa chance de golo mas estava fora de jogo e rematou ao lado. Moreno também rematou com intenção mas longe do alvo.

O descalabro aconteceu aos 80 minutos. Com a União desequilibrada em campo, surgiu novo cruzamento de Willock na direita para o golo de Daniel dos Anjos. Mau jogo da Oliveirense e uma exibição exemplar do Benfica resultaram numa derrota pesada por 3-0.

O próximo jogo é em Aveiro contra o Estoril, às 20:30 da próxima sexta-feira dia 21 de dezembro.