OLIVEIRENSE VENCE SANJOANENSE

4-3 EM SÃO JOÃO DA MADEIRA

Domingos Pinho, Xavier Barroso, Jordi Bargallo, Marc Torra e Jorge Silva entraram de início contra a Sanjoanense.

Encontro equilibrado com mais iniciativa ofensiva da Oliveirense. O espanhol Marc Torra foi o primeiro a estar perto do golo mas não foi eficaz na marcação do livre direto.

A meio da primeira parte, Renato Garrido já tinha dado minutos de jogo a todos os atletas, excepto ao guarda-redes Xavier Puigbi. Dos primeiros 25 minutos o destaque maior vai para o guarda-redes Tiago Rodrigues que realizou 4 boas defesas e manteve o marcador em 0-0 ao intervalo. O jovem responsável por defender a baliza da equipa de São João da Madeira é formado na Oliveirense e foi emprestado esta época.

Na segunda parte, as cerca de 300 pessoas que assistiram à meia final do Torneio Cinquentenário da Associação de Patinagem de Aveiro, já viram golos. A equipa da casa adiantou-se no marcador com um remate forte que Xavier Puigbi não conseguiu defender.

O golo teve resposta quase imediata da União, porque Marc Torra empatou o jogo 1-1 com uma finta e um remate eficaz. O jogo estava mais rápido do que na primeira parte e a Sanjoanense viria a liderar novamente o marcador quando aproveitou um contra-ataque para fazer o 2-1.

A Oliveirense não estava satisfeita com a desvantagem e conseguiu o empate 2-2. Foi outra vez Marc Torra a mostrar eficácia na hora de finalizar. A equipa de Garrido estava por cima mas a Sanjoanense aproveitava os erros do adversário e foi assim que chegou ao 3-2 de grande penalidade.

A 7 minutos do final do jogo a União voltou a empatar aproveitando um livre direto. O golo foi de Pablo Cancela e puniu o facto da Sanjoanense ter chegado às 9 faltas. O golo foi ponto chave no encontro porque a equipa de Renato Garrido uniu-se e com toda a clarividência que o jogo pedia chegou aos 4-3. Finalizou Pablo Cancela no coração da área após assistência de Torra a culminar uma excelente jogada colectiva. Com a primeira liderança do marcador a Oliveirense não mais permitiu qualquer aproximação do adversário e segurou o jogo.

Dia 23 realiza-se a final contra o vencedor do jogo entre o Hóquei Clube de Cambra e Académico da Feira.