EMPATE NA APRESENTAÇÃO

0-0 NO ESTÁDIO CARLOS OSÓRIO

22 jogadores mostraram-se aos adeptos da Oliveirense na apresentação oficial da equipa aos sócios. Pedro Miguel lançou de início Júlio Coelho na baliza, Alemão, Godinho, Sérgio Silva e Ricardo Tavares formaram a defesa. Filipe, Paraíba e Amorim alinharam no meio campo e, na frente, Diogo Valente, Serginho e Agdon.

A União teve sempre mais posse de bola e Agdon esteve perto do golo aos 10 minutos. Pouco depois, excelente jogada da Oliveirense sobre o lado esquerdo a terminar com um remate de Filipe Gonçalves. A meio da primeira parte a Académica esteve perto do golo na sequência de um livre, a bola passou ligeiramente ao lado da baliza de Coelho. Em cima do intervalo, Ricardo Tavares com um grande cruzamento serviu Serginho mas a defesa da Académica anulou as intenções da União.

Coelho, que completou hoje 34 anos, foi substituído por Kadu ainda antes do intervalo.

Para os segundos 45 minutos, Pedro Miguel lançou Erick Moreno no ataque no lugar de Agdon e foi do colombiano que saiu o primeiro lance de perigo quando tentou assistir Diogo Valente.
Aos 60 minutos entraram Diogo Sousa, Sérgio Ribeiro, Miguel Silva, Duarte e Medhi para os lugares de Alemão, Diogo Valente, Paraíba, Godinho e Amorim.

Não parece verdade mas aconteceu mesmo. O jogo viria a acabar instantes depois. A árbitro sugeriu que Guima fosse substituído devido a comportamento incorrecto em campo, o treinador Carlos Pinto recusou-se a substituir o jogador e a equipa de arbitragem decidiu terminar o encontro aos 62 minutos.

O jogo de apresentação terminou com zero zero no marcador e cerca de meia hora antes do previsto. A receita de bilheteira reverte para os Bombeiros Voluntários de Oliveira de Azeméis.

No próximo sábado a União recebe o Académico de Viseu às 10:30 horas.

 

Texto da UD Oliveirense