UNIÃO VALENTE E LETAL

Alemão e Tavares regressaram ao onze após um jogo de castigo. Diogo Valente e João Mendes também voltaram a jogar de início em detrimento de Fati e de João Amorim.

Jogo equilibrado em Coimbra com o primeiro momento de destaque a ir para o golo anulado a Djousse aos 10 minutos por falta sobre o guarda-redes Coelho.

Aos 18 minutos ataque rápido com dois esquerdinos a desenharem o 1-0. Ricardo Tavares assistiu Diogo Valente que no coração da área finalizou de primeira.

Antes da meia hora de jogo a Académica foi forçada a mexer no onze. Alan Jr. entrou para o lugar do lesionado Djousse. Depois de 45 minutos em que a Oliveirense foi eficaz e organizada, a segunda parte mostrou uma equipa com muita personalidade.

Face à vontade da Académica chegar ao golo e para reforçar a solidez e frescura da equipa, Pedro Miguel apostou em João Amorim aos 61 minutos por troca com João Mendes. Pouco depois Fati rendeu Diogo Valente e Sérgio Ribeiro entrou para o lugar de Serginho.

Na história do jogo cabem quatro (4) defesas muito difíceis de Júlio Coelho. O guarda redes, tal como toda a equipa, foi o espelho da palavra concentração. Se é verdade que a Académica esteve próxima do empate, também é factual escrever que João Amorim teve o 2-0 no pé direito e Fati no pé esquerdo.

Aos 90+7 já com o guarda redes da Académica a apoiar o ataque, Fati atirou o 2-0 para a baliza deserta. De Coimbra para Oliveira de Azeméis viajam 3 pontos que nos levam à 12ª posição da LedmanLigaPro com 39 pontos.

LEDMAN Liga Pro 2017/2018

Estádio Cidade de Coimbra

Académica
UD Oliveirense
0 - 2
Resultado
Diogo Valente - 1(17') Ença Fati - 1(98')
Estatisticas
3 Amarelos 2
1 Cartões Vermelhos 0
6 Remates 9
5 Remates à Baliza 3
2 Defesas 5
8 Cantos 1
83.3%
% Remate à Baliza
0%
Precisão de passe
Rem
6
F
15
OFF
3
33.3%
% Remate à Baliza
0%
Precisão de passe
Rem
9
F
11
OFF
7

 

Texto da UD Oliveirense